One Comment

  1. Angela Curzio
    5 de agosto de 2013 @ 22:11

    Nesses anos todos de minha existência nunca vi acontecer “nada” sem os partidos políticos. Revisando a História de meu país, aprendi que era preciso estar filiado a um partido para ter reconhecimento político. Moro numa cidade de 180 mil habitantes e os partidos políticos sempre fizeram de um jeito que ações importantes de grupos eram logo abarcadas pela presença de membros partidários. Por essa razão, sempre disse aqui na minha cidade que enquanto houvesse partido (e não inteiro) eu faria meu trabalho. Após os últimos manifestos tenho repensado minhas práticas.