5 Comments

  1. Celso Bacarji
    9 de maio de 2012 @ 17:16

    É um absurdo a interferência da Fifa na vida do país sede. As práticas da entidade devem ser relatadas a órgãos internacionais de direitos humanos e outras organizações de combate às injustiças sociais e econômicas. Por nossa vez, precisamos nos mobilizar e revidar, no mínimo boicotando as marcas patrocinadoras do evento.